Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.observatoriodocuidado.org/handle/handle/1140
Title: Uso de substâncias psicoativas e métodos contraceptivos pela população urbana brasileira, 2005
Authors: Bastos, Francisco I.
Cunha, Cynthia B.
Bertoni, Neilane
Issue Date: 2008
Citation: BASTOS, F. I.; CUNHA, C. B; BERTONI, N. Use of psychoactive substances and contraceptive methods by the Brazilian urban population, 2005. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 42, supl. 1, p. 118-126, jun. 2008.
Abstract: OBJETIVO: Analisar a relação entre os padrões de utilização de preservativos e outros métodos contraceptivos e o consumo de álcool e drogas. MÉTODOS: Estudo exploratório com base em dados de amostra probabilística com 5.040 entrevistados residentes em grandes regiões urbanas do Brasil, com idades entre 16 e 65 anos, em 2005. Os dados foram coletados por meio de questionários. Empregou-se a técnica de árvores de classificação Chi-square Automatic Interaction para estudar o uso de preservativos por parte de entrevistados de ambos os sexos e de outros métodos contraceptivos entre as mulheres na última relação sexual vaginal. RESULTADOS: Entre adultos jovens e de meia idade, de ambos os sexos, e jovens do sexo masculino vivendo relacionamentos estáveis, o uso de preservativos foi menos freqüente entre os que disseram utilizar substâncias psicoativas (álcool e/ou drogas ilícitas). O possível efeito modulador das substâncias psicoativas parece incidir de forma mais clara sobre as práticas anticoncepcionais de mulheres maduras, com inter-relações mais complexas, entre as mulheres mais jovens, onde a inserção em diferentes classes sociais parece desempenhar papel mais relevante. CONCLUSÕES: Apesar das limitações decorrentes de um estudo exploratório, o fato de se tratar de amostra representativa da população urbana brasileira, e não de populações vulneráveis, reforça a necessidade de implementar políticas públicas integradas dirigidas à população geral, referentes à prevenção do consumo de drogas, álcool, infecções sexualmente transmissíveis e HIV/Aids e da gravidez indesejada nos marcos de promoção da saúde sexual e reprodutiva.
Description: Disponível originalmente em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v42s1/14.pdf
URI: https://repositorio.observatoriodocuidado.org/handle/handle/1140
ISSN: 0034-8910
Appears in Collections:Álcool e outras drogas - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File SizeFormat 
RSP.S0034-89102008000800014.pdf330.89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.