Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.observatoriodocuidado.org/handle/handle/703
Title: Violência autoinfligida e anos potenciais de vida perdidos em Minas Gerais, Brasil
Other Titles: Self-inflicted violence and years of potential life lost in Minas Gerais, Brazil
Authors: Camargo, Fernanda Carolina
Iwamoto, Helena Hemiko
Oliveira, Lorena Peres de
Oliveira, Renata Cobo de
Issue Date: 2011
Citation: CAMARGO, F. C. et al. Violência autoinfligida e anos potenciais de vida perdidos em Minas Gerais, Brasil. Texto & contexto - enfermagem. v.20, n.spe, p.100-107, 2011.
Abstract: Os dados mundiais evidenciam que, aproximadamente, um milhão de pessoas cometeram violência autoinfligida, em 2000, e as consequências têm sido alarmantes. Uma pessoa morre por esse motivo a cada 40 segundos, e outra atenta contra a própria vida a cada três segundos. Estudo exploratório, objetivando a análise epidemiológica de mortalidade por violência autoinfligida do Estado de Minas Gerais, por meio do cálculo do Coeficiente de Mortalidade Padronizado e Anos Potenciais de Vida Perdidos. A mortalidade, no período de 1996 a 2007, foi 4,29 óbitos por 100.000 habitantes, sendo superior nos homens (6,90) em relação às mulheres (1,73). A faixa etária de 40 a 59 anos atingiu mortalidade de 7,0 óbitos por 100.000 habitantes. Em relação aos anos de vida perdidos a média da idade de óbitos manteve-se em torno dos 40 anos, evidenciando a perda do potencial social do sujeito acometido pela violência autoinfligida.
Description: Disponível Originalmente em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v20nspe/v20nspea13.pdf
URI: http://repositorio.observatoriodocuidado.org/handle/handle/703
ISSN: 0104-0707
Appears in Collections:Suicídio - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tce.S0104-07072011000500013.pdf273.37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.